Letras/Ficha técnica

 

 

 

Ficha Técnica do CD

01- Abertura do Movimento Samba São Paulo

ISRC: BX-M6P-17-00001

Autor do texto e trilha sonora: Maestro Denílson Miller

Intérprete: Rolando Boldrin

O Samba já completou 100 anos!

é… sou um jovem de 100 anos e que ainda tem muitas coisas pela frente!

Quando eu nasci o mundo musical era muito diferente de hoje, os escravos africanos chegaram aqui trazendo uma grande riqueza, qual riqueza? a influência musical, os seus cantos religiosos, a cultura de devoção aos seus Deuses e Santos, a batida nos tambores! é… foi assim que eu comecei a batucar…

Então eu que não sou bobo, aos poucos fui misturando essa sonoridade rítmica com os instrumentos trazidos pelos europeus e ai fui introduzindo o Violão, o Cavaquinho, o Bandolim, instrumentos de sopro até chegar na variedade sonora de hoje. Sempre cantei de várias formas e com um swing diferente em cada lugar, já me apresentei como Samba Canção, Choro, Samba de breque, entre tantos outros.

Já rodei muito esse Brasil, deixei minha marca no Samba de Roda Baiano, Samba de Côco do Norte e Nordeste, no Samba Rural de Pirapora em São Paulo, andei por Minas Gerais e no Rio de Janeiro ganhei até uma Avenida para desfilar!

É isso mesmo! eu fui de um açoitado da senzala, um reprimido do morro, a um homenageado em desfile público chamado Carnaval!

Quando eu comecei a dar os primeiros passos não me entendiam muito bem não! fui marginalizado. A polícia, o exército e o governo achavam que eu era malandro! e ai tem até um fundo de verdade, eu era um malandro sim mas um malandro das artes! Malandro no sentido de ter molejo, jogo de cintura, criatividade pra lidar com as dificuldades do dia-a-dia e a habilidade de enfrentar a vida sempre com a esperança de que amanhã vai ser um novo dia!

Por isso sempre fui muito mais do que um simples gênero musical, eu procurei cantar o dia-a-dia dos brasileiros com seus momentos de felicidade, de tristeza, de derrota e de vitórias! e durante este tempo todo eu já tive muitas vozes! grandes vozes! grandes compositores e grandes músicos!

Mas o Brasil nunca parou de revelar novos talentos e agora chegou uma nova geração com uma grande responsabilidade:

A responsabilidade de me ajudar a caminhar mais 100 anos! é… eu não posso parar!

Então, agora o Movimento Samba São Paulo está assumindo este desafio, esta grande missão.

Revelar novos sambistas, novos compositores, novos intérpretes, enriquecer nossa música com novas idéias e através da arte preparar nossas crianças para que amanhã elas possam se tornar grandes cidadãos, formadores de opinião, defensores do bem comum a todos, só assim o nosso Brasil vai realmente poder crescer e florescer!

Lá atrás… quando eu viajava pelo mundo afora sempre me faziam duas perguntas que eu tinha o maior orgulho em responder e tenho orgulho até hoje

De onde você vem? eu enchia o peito e dizia… eu venho do Brasil!

E qual o seu nome? com os olhos marejados e com a voz embargada de emoção eu respondia:

meu nome? meu nome é… Samba!

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira, Claudinho Martins e Cris Bosch / Cuíca: Daniel da Cuíca / Cavaco: Alceu Maia / Bandolim: Milton Mori / Cavaco: Alceu Maia / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Flauta: Vagner Luiz / Acordeon Adriana Sanchez / Viola caipira: Juliana Andrade / Arranjo e regência: Denílson Miller

02- Um Novo dia

ISRC: BX-M6P-17-00002

Autor: Denílson Miller

Intérpretes na ordem de gravação das vozes: Denílson Miller, Luiz Américo, Dora Vergueiro, Helena e Natalia, Dedé Paraíso, Yvison Pessoa, Cris Bosch, Pegada de Gorila, Adryana Ribeiro, Osvaldinho da Cuíca, Iracema Monteiro, Jurema Pessanha, Valnei da Bahia, Alceu Maia, Maurição, Luis Batucada, Maestro Rildo Hora, Patrícia Hora, Marcos Padovezi, Pietro de Souza, Bryan de Souza, Greice Pereira, Brau de Souza, Yvani Coelho, Simone Ancelmo.

Há de brilhar, um novo dia há de brilhar / o alvorecer algo de novo há de trazer / além do céu e mar, alem do céu voar / pra ir buscar um renascer / pra um dia ver algo de novo acontecer / e refazer toda história desse lugar / da vida se fartar e só o amor levar / juntos caminhar, até chegar / Há de brilhar em cada olhar a esperança / o futuro sempre está na força de uma criança / que vai crescer se transformar / realizar, fazer valer um novo dia / Há um movimento a se espalhar pela cidade / vamos a luta pra mostrar o elo de uma amizade / um canção, um só coração / que vai pulsar, vai despertar um novo dia / o samba vai estar em cada esquina, em cada bar / um brinde a fazer, a alegria de viver / o verso e a poesia, o som em harmonia / e que a batucada traga a madrugada / e assim valeu mais uma noite a se encantar / um filho teu um dia há de se lembrar / do samba em oração, de ver brotar do chão ver florescer e anunciar

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Banjo: Andrezinho do Cavaco/ Violão de 7: Diego 7 Cordas / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Clarinete: Marcos Gomes / Flauta e Piccolo: Marco Cancello / Trompete: Elisson Gomes / Sax Tenor: Vagner Luiz / Trombone: Samuel Marques / Coro: Brau de Souza / Carlos Fernandes / Miller / Cris Bosch / Cristina Teixeira/ Arranjo e regência: Denílson Miller

03- O Samba nosso de cada dia

ISRC: BX-M6P-17-00003

Autor: Brau de Souza

Intérprete: Luiz Américo

Que Deus abençoe o samba nosso de cada dia / sambistas vamos lutar / pro samba reafirmar / o morro é o seu lugar / pro topo vamos voltar / que Deus abençoe / a luta é minha / a luta é sua / Samba é progresso / também é cultura / educa crianças / meninos de rua / é a nossa esperança / é toda estrutura / o mundo sem samba / é a guerra obscura

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Violão de 7: Luizinho 7 Cordas / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello e Viola: Adriana Holtz / Flauta e Piccolo: Marco Cancello / Trompete: Elisson Gomes / Sax Tenor: Vagner Luiz / Trombone: Samuel Marques / Gaita/Realejo: Maestro Rildo Hora

Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

04- A Rosa e o Beija-flor

ISRC: BX-M6P-17-00004

Autores: Yvison Pessoa, Milbé e Gerson da Banda

Intérprte: Yvison Pessoa

Toda tristeza foi embora / a felicidade regressou enfim / o que era turvo ficou claro / você é meu luxo raro / a paz que brotou dentro de mim / basta ver no brilho do olhar / a ternura do teu sorriso lindo / você é a paz do meu sossego / a alegria do teu nego / o amor que me faz tanto bem / depois que provei desse teu beijo / meu coração fez um festejo / não quero amar a mais ninguém

Me bota nas tuas mãos / me rega com teu amor / vem pra ser a minha rosa / quero ser teu beija flor / cada lágrima que cai/ misturada com o teu sour / o teu corpo tão molhado / exala o cheiro do pecado / eu me entrego e sei de cór / ao poder dos teus carinhos / o teu encanto e sedução / me faz provar toda ternura / sou um pote de amargura / sem você no coração / vem com aquele cheiro antigo / me liberta do castigo / e acende essa paixão

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Banjo: Andrezinho do Cavaco / Violão de 7: Marcelinho Monserrat / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Clarinete: Marcos Gomes / Flauta e Piccolo: Marco Cancello / Trompete: Elisson Gomes / Sax Tenor: Vagner Luiz / Trombone: Samuel Marques / Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

 05- Para um grande amor

ISRC: BX-M6P-17-00005

Autor: Denílson Miller

Intérpretes: Brau de Souza e Adryana Ribeiro

É lindo acordar ao seu lado / presente divino foi me dado / a cada manhã renascer / é obra de Deus e eu sei / em casa me sinto um rei / saúde e paz, meu amor é você quem me traz / foi a flecha do amor / foi um raio no céu / tempestade que passa e leva a escuridão / foi um doce olhar / uma brisa do mar / que leva pra Terra a esperança de um pescador / Deus me fez um guerreiro / e você minha sina / o meu anjo parceiro / meu caminho ilumina

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Alex da Cuíca, Koka Pereira, Yvison Pessoa e Edinelson / Cuíca: Daniel da Cuíca / Contrabaixo Acústico: Zerró Santos / Cavaco: Alceu Maia / Banjo: Andrezinho do Cavaco / Violão: Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello e Viola: Adriana Holtz / Flauta: Shen Ribeiro / Sax Soprano: Vagner Luiz / Arranjo e regência: Denílson Miller

06- Amor ao Samba

ISRC: BX-M6P-17-00006

Autor: Luis Batucada

Intérprete: Luis Batucada

Como pode alguma coisa completar a gente assim / claro que eu falo do samba e do amor que existe em mim / Samba é arte, é cultura fonte de um prazer sem fim / do samba eu jamais sairei / e o samba nunca sairá de mim / do samba eu jamais sairei / e o samba nunca sairá de mim / venho falar desse amor que grita no meu peito e eu não sei explicar / por esse menino que é o dono das mais belas canções que se possam cantar / guerreiro que venceu preconceitos e que com muita luta reservou o seu lugar / mas hoje é o destaque, é a estrela, preferência total na música popular / o samba é fiel como poucos e ensina lições de humildade e moral / pois preto, branco, rico, pobre, gordo, magro, etc e tal / na roda de samba todo mundo é igual / Refrão / amigo de todas as horas como não amar quem te trata assim / na alegria, tristeza ou saudade, em qualquer situação ele canta pra mim / humildimente sou eu que hoje tento cantar tua grandeza sem fim / espero alegrar te com esta singela homenagem que hoje faço a ti / fonte de inspiração, é um estilo de vida, é o amor, é a paz / por isso sem pudores eu grito: ó meu amado samba te amo cada vez mais / Refrão

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Banjo: Andrezinho do Cavaco / Violão de 7: Diego 7 Cordas / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Flauta: Marco Cancello / Trompete: Elisson Gomes / Sax Tenor: Vagner Luiz / Trombone: Samuel Marques / Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

07- Corrente

ISRC: BX-M6P-17-00007

Autores: Denílson Miller e Brau de Souza

Intérpretes: Maestro Rildo Hora e Patrícia Hora

O Samba solta a voz mais uma vez / e o que tanta gente já se fez / pra escrever a nossa história / mas a luta que nunca terminou / tem agora novos guerreiros pra fincar nossa bandeira / e uma estrela, realeza a brilhar / vem nos abençoar iluminar nosso caminho / prometemos nossa Samba respeitar / e as raízes preservar em cada roda em cada bar / eu cheguei no Samba / e sei bem o meu lugar / tive muito que lutar / sempre fui forte e valente / e agora como um elo da corrente / veja nessa geração o futuro a minha frente / vem pro movimento vem sambar / vamos mostrar a força do nosso Brasil / ó… Maestro vem abençoar

com seu Realejo a brilhar / uma força assim jamais se viu

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Frigideira: Claudinho Martins / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Violão de 7: Diego 7 Cordas / Violão de 6 e Gaita/Realejo: Maestro Rildo Hora / Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Flauta: Marco Cancello

Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

08- Amor real

ISRC: BX-M6P-17-00008

Autores: Denílson Miller e Brau de Souza

Intérprete: Jurema Pessanha

Um bilhete debaixo da porta pedindo perdão / me fez ver que os momentos vividos não foram em vão / só palavras tão fortes podem explicar / essa doce ternura, esse jeito de amar / já espero ansiosa a noite chegar / o seu cheiro isalando o amor pelo ar / um taça de vinho, morangos e flores / nossa história tão linda vai continuar / amor me pega direito me leva a loucura / amor ganhou de presente o meu coração / amor me deixa perdida quando não me procura / ja faz parte da minha vida não é mais ilusão / amor encosto em teu peito e sinto tua calma / amor é mais que um encontro é um encontro de almas / amor palavra mais linda quando se aprende direito / você vem de mansinho eu me acabo em pura emoção / é tão bom ser amada me faz viajar / dá um sentido pra luta no final do dia / nada mais me interessa o importante é saber / que é tudo real não é mais fantasia

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Violão de 7: Luizinho 7 Cordas / Piano, Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Clarinete: Marcos Gomes / Flauta e Piccolo: Marco Cancello / Trompete: Elisson Gomes / Trombone: Samuel Marques / Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

09- Tenho fé no meu Orixá

ISRC: BX-M6P-17-00009

Autores: Maurição e Ratinho

Intérprete: Maurição

Banho de cachoeira na ribeira / que é só pra descarregar / banho de cachoeira na ribeira / que é pra Oxum me perfumar / olho grande não vai me pegar / tem fé no meu bom Orixá Ogum / quem pensar que vai me atrasar / vai errar e vai ter que acertar com Ogum / e nas matas verdejantes vou ver / Oxossi caçador me defender / tenho fé e trago no peito / figa guiné que tem axé e tem poder

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Banjo: Andrezinho do Cavaco / Violão de 7: Luizinho 7 Cordas / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Flauta e Piccolo: Marco Cancello / Trompete: Elisson Gomes / Sax Tenor: Vagner Luiz / Trombone: Samuel Marques

Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

10- Foi tanto amor

ISRC: BX-M6P-17-00010

Autora: Simone Ancelmo

Intérprete: Simone Ancelmo

Ah foi tanto amor que eu te dei / o meu coração lhe entreguei / meu abraço terno / meu afago, os meus beijos / minha paixão pura e verdadeira / grande foi minha desilusão / por acreditar no teu amor / agora amargurado / sem entender tua atitude / sigo nessa minha inquietude / ah… meu amor / me deixou e levou minha alegria / mas o meu samba / me vale mais do que a tua companhia

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Banjo: Andrezinho do Cavaco / Violão de 7: Diego 7 Cordas / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Clarinete: Marcos Gomes / Flauta: Marco Cancello / Trombone: Samuel Marques / Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

11- Quem sabe

ISRC: BX-M6P-17-00011

Autor: Maurição

Intérprete: Maurição

Quem sabe um dia a gente possa se encontrar / quem sabe o destino possa abençoar / dois corações dilacerados / e apaixonados na esperança de sobreviver / dois corações acorrentados / e não há chave que separe o nosso bem querer / quem sabe um dia a gente se encontra / e a luz do desejo venha nos acender / quem sabe um dia as doces palavras / regadas ao vento possam florecer / e dizer que eu amo você / quem sabe um dia a gente se encontra / e a luz do desejo venha nos acender / quem sabe um dia as doces palavras / regadas ao vento possam florecer

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Banjo: Andrezinho do Cavaco / Violão de 7: Luizinho 7 Cordas / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Clarinete: Marcos Gomes / Trombone: Samuel Marques / Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

12- Samba rural

ISRC: BX-M6P-17-00012

Autores: Rodrigo Tucho, Augusto César e Toinho Melodia

Intérpretes: Rodrigo Tucho e Osvaldinho da Cuíca

Homenagem especial ao nosso querido amigo Rodrigo Tucho falecido durante o nosso projeto. Tivemos o prazer enorme de proporcionar a ele uma alegria muito grande ao ouvir a sua música gravada pelo mestre Osvaldinho da Cuíca, enquanto Osvaldinho gravava a sua participação, o nosso guerreiro batalhava em seu tratamento. Agradecemos ao Osvaldinho por ter entendido e colaborado com esta faixa que com certeza registra a mais forte das emoções neste projeto. Afinal Rodrigo Tucho não partiu simplesmente… a sua voz está registrada na introdução da música e a sua força e energia está entre nós! seguimos em frente com o nosso projeto, eterno parceiro!

Um dia alguém perguntou o que é o Samba rural? / é só parar pra ouvir o pranto no cafezal / e o facão no canavial / e o negro lembrando cantava / no banzo do açoite na senzala / daquele feitor cruel / que não respeitava a lei de Isabel / tem samba de bumbo eu tô, pra pirapora eu vou / Jongo e Umbigada também /vem pra cadencia do samba vem /vem pro batuque, vem / pra cadência do samba, vem / vem pro batuque, vem / pra cadência do samba, vem

Ficha Técnica:

Percussão geral: Osvaldinho da Cuíca, Cavaco na introdução Rodrigo Tucho, Cavaco Alceu Maia, Violão: Maestro Denílson Miller, Sanfona: Adriana Sanchez / Viola caipira: Juliana Andrade / Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

13- Desigualdade

ISRC: BX-M6P-17-00013

Autor: Brau de Souza

Intérpretes: Simone Ancelmo e Valnei da Bahia

O mundo gira / como um circulo vicioso / miséria aflora violência reina / e a cada dia que passa a saúde desencadea / miséria aflora violência reina / e a cada dia que passa a saúde desencadea / a fome está sobre a mesa / desigualdade é a sobremesa / os governantes reinam hipocrisias / enquanto isso os pobres sofrem vivendo fantasias / sem ter mais fé já não se importam com outro dia / sem ter mais fé já não se importam com outro dia

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Violão de 7: Marcelinho Monserrat / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Clarinete: Marcos Gomes / Trombone: Samuel Marques / Arranjo e regência: Denílson Miller

14- Sambista é assim

ISRC: BX-M6P-17-00014

Autores: Sinval Correa e Roberto Chama

Intérprete: Marcos Padovezi

Agradeço a Deus e ao meu samba / por ganhar o pão de cada dia / com meu canto sobre os acordes do meu violão / transmitindo paz amor e alegria no coração / vou cantando e digo não tá legal / tanta desigualdade social / vou cantando e digo não tá legal / tanta desigualdade social / vamos fazer valer a voz do coração / deixar brotar, sair do peito mais uma canção / que faça a saudade  morrer / a tristeza esquecer  / e a missão ser / cumprida  / quem faz a cidade cantar / vai ter sempre um lugar par poder despertar em milhões de memorias / por isso sambista é assim / todos eles enfim / põem seu nome na história / por isso sambista é assim / todos eles enfim põem seu nome na história

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Bandolim: Milton Mori / Violão de 7: Marcelinho Monserrat / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Trompete: Elisson Gomes / Sax Tenor: Vagner Luiz / Trombone: Samuel Marques / Arranjo e regência: Denílson Miller

15- Mãe senhora das águas

ISRC: BX-M6P-17-00015

Autora: Yvani Coelho

Intérpretes: Yvani Coelho

Iemanjá senhora das águas / seu mistério, tesouro no fundo do mar / o seu canto faz pescador chorar / seu encanto, toda beleza que há / Inaiê, Janaína, senhora das águas minha mãe Iemanjá / hoje eu vou lhe saldar, Odoiá

Odoiá, Odoiá, / Senhora das águas rainha do mar / Senhora das aguas rainha do mar / mar azul a balançar / o seu barquinho pra enfeitar / dia 2 de fevereiro, Iemanjar vou adorar / Senhora das águas rainha do mar / Senhora das águas rainha do mar

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Cuíca: Daniel da Cuíca / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Banjo: Andrezinho do Cavaco / Violão de 7: Marcelinho Monserrat / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Flauta e Piccolo: Marco Cancello / Coro: Brau de Souza / Miller / Carlos Fernandes / Cris Bosch / Cristina Teixeira / Arranjo e regência: Denílson Miller

16- Manhã na vila

ISRC: BX-M6P-17-00016

Autor: Denílson Miller

Intérprete: Denílson Miller

Amanhece lá na vila / cada um busca seu pão / maratona da matina / e assim dias vem e vão / café quente na esquina / metrô cheio, condução / hora certa da saída / e a chegada não sei não / a família nem se encontra / algumas vezes no jantar / falta tempo pro abraço / é preciso caminhar / mas se a vida nos promete / que o futuro vai chegar / vale a pena ser mais forte / não parar de lutar / porque viver é acreditar no amanhã / e ver que essa vida é uma só / viver é acreditar no amanhã / e ver que essa vida é uma só / lá de cima vem a força / Deus é forte Deus é mais! / e quando ele abre a porta / a esperança se refaz / nada acontece por acaso / tudo tem o seu sentido / abra os olhos e a alma / eu já fiz o meu pedido / a família pra acolher / um amigo pra falar / um trabalho a fazer / e um violão pra tocar e cantar porque / viver é acreditar no amanhã / e ver que essa vida é uma só / vamos lá rapaziada / é a hora e a vez / de fazer novas estradas / mudar os rumos / mudar as leis / juventude que se preza não espera acontecer / e o relógio que não para / mostra o tempo a perder porque / viver é acreditar no amanhã / e ver que essa vida é uma só /

Ficha Técnica:

Bateria: Jorge Gomes / Surdo: Gordinho / Percussão geral: Koka Pereira e Yvison Pessoa / Baixo: Batman / Cavaco: Alceu Maia / Violão de 6, Violino e Viola: Maestro Denílson Miller / Violino: Luis Holtz / Cello: Adriana Holtz / Flauta : Marco Cancello / Trompete: Elisson Gomes / Sax Tenor: Vagner Luiz / Trombone: Samuel Marques / Arranjo e regência: Denílson Miller

Ficha técnica geral:

Gravado, mixado e masterizado no estúdio da Miller Produções

Arranjos, regência e produção musical: Maestro Denílson Miller

Co-produtor: Brau de Souza

Técnicos de áudio: Denílson Miller e Douglas Miller

Arte/encarte/Projeto gráfico: Anderson Alves

Fotos: Agência IH9 – www.ih9.com.br

Gravadora: Miller Produções Artísticas

www.millerproducoes.com.br