simone
Biografia

Simone Ancelmo

Simone Ancelmo, cantora, compositora e atriz, nascida na cidade de Santos é atriz desde 1993 e iniciou sua carreira como cantora em peças teatrais nas quais também atuou. Em 1994 passou a integrar corais, tais como Madrigal da Universidade Católica de Santos, Coral Zanzalá e Coral da Escola Técnica de Música e Dança Ivanildo Rebolças da Silva. Deu seqüência à carreira musical apresentando-se em eventos, bares/casas de show,e apresentando em Rádios, programas e Telejornais como SBT, Santa CecíliaTV, TV Tribuna – Filiada da Globo em Santos, entre outras.

Em 2.004 iniciou suas composições em parceria com Rosy Padron e Alexandre Birkett, tendo também ingressado na banda de baile Santa Marina. Fez parte do elenco do grupo paulista “Trovadores Urbanos” ingressou em 2005, ano que também teve participação musical no Programa de TV Som da Praia da Rede SBT. E ainda no mesmo ano teve participação, como cantora, no último cd de Alexandre Birkett, “Temporal”. Trabalhou com o grupo Ponteio no show “A Era dos Festivais” que teve estréia em Campos do Jordão em Maio de 2006.

Ainda em 2006 estreou o show “Poemas e Canções”, no Espaço Gilberto Mendes em Santos.Participou do show “Querô” no Teatro Municipal de Santos, realizado pela Agregarte Produções

Em 2007 participou do show “Cantando para as Estrelas” e “Na Vila do Tom” ao lado de Lula Barbosa, Mirian Mirá e Quarteto Carobamdé.

Simone Ancelmo atualmente tem se destacado pelos shows voltados ao Samba de Raiz como: “Raízes do Samba”, que apresenta um repertório que busca valorizar o samba tradicional e demais arranjos musicais que integram a musicalidade de origem afro-brasileira, protejo pelo qual foi homenageada no Rio de Janeiro, em dezembro de 2008 na Estação Primeira de Mangueira, onde recebeu ao lado de Teresa Cristina e Lenny Andrade o diploma da família Mangueirense pelo trabalho de valorização ao samba. Estreou em abril de 2008, show/espetáculo “Claridade” que faz homenagem à Inconfundível e Grandiosa Mineira : Clara Nunes no ano dos 25 anos de sua despedida, onde, além das canções, Simone Ancelmo interpreta textos que contam a trajetória e história de vida desse ícone da música brasileira.

Em janeiro de 2009 estreou mais um show de resgate às raízes do samba: “Mestres Mangueirenses” uma homenagem aos compositores e intérpretes da Estação Primeira de Mangueira, apresentou-se na 13a. Festa TortoLido “Negras Perucas”, no Ilha Porchat Clube em abril de 2009. Foi homenageada pelo projeto do Morro Nova Cintra “Roda de Bambas” Em maio, estreou:

Em 2009 ainda estreou o show “Minha Missão” ao mestre poeta Paulo César Pinheiro Outros shows para o primeiro semestre de 2009 que tiveram início no mesmo ano são:, “Ao mar de Janaína”-Uma celebração à Rainha do Mar, e ainda “Mulheres que sambam” uma homenagem às interpretes e compositores brasileiras no SESC/Santos em Julho de 2009. Participação na Festa “Torto 25 anos” na cidade de Santos. Realizou no último dia 09/10/2009 a estréia do seu novo show “Se é pra falar de Portela”, uma reverência aos poetas e mestres portelenses, fez participações em shows em São Paulo com Carmem Queiroz no Ó do Borogodó, Na Escola Camisa Verde e Branco e no Ao Torcedor com o Grupo “Samba do Baú, e ainda com o “Grupo Gafieira na Casa” também em São Paulo. Se apresentou no SESC/Santos pela comemoração

ao Dia do Samba no início de dezembro de 2009 e finalizando o ano recebeu o: Prêmio Plínio Marcos como Melhor Cantora de 2009

Em 2010 se apresentou na X9 Santista no aniversário da Escola e na escolha do Samba Enredo, estreou em março o show “Feminina” mais um show dedicado ao dia Internacional da Mulher Em Outubro de 2010 e no mesmo mês abriu o show de Oswaldo Montenegro no Teatro Coliseu em Santos, dentro do projeto “Caros Amigos”. E ainda estreou o musical infantil “O remédio do Rei” como cantora e atriz. Em 2011 estréia o ano com o pocket do show “Claridadeno projeto Quebra Mar, no Emissário Submarino em Santos e SESC- Bertioga e convidada pelo SENAC/Santos para ministrar aulas de Expressão Vocal, participou do show “Fênix” no SESC/Santos como cantora e narradora, atualmente prepara o show “Como é grande meu amor” com clássicas de Roberto Carlos em homenagem ao Dia das Mães e no SESC/Santos

Maio de 2011 apresentou com sucesso de público para o Teatro lotado, o show “Claridade” Recordando Clara Nunes” e no Teatro Municipal de Santos dia 13/09/2011. Realizou no dia 1 de Setembro o show “Revivendo os Festivais” no Teatro do SESI/Santos, última apresentação do show teatral “Claridade” no Teatro Zanoni/ São Paulo em Setembro de 2011 e no SESCSão Caetano em Outubro de 2011

Em Novembro do mesmo ano, estreou o show em homenagem do Dia da Consciência Negra: “Agô Mãe África Mojubá!“

Em dezembro foi convidada especial do show do grupo paulistano “Quinteto em Branco e Preto” no Teatro Guarany. Em Fevereiro estreou o show “Amo Mar de Janaína”em homenagem ao dia de Iemanjá no Teatro Guarany. Em Março no dia DA MULHER fez no SESC Santos show “Como é grande meu amor” com canções de Roberto Carlos dos anos 60 a 90 (com ingressos esgotados).

Em abril de 2012 a cantora irá se apresentar na Portela no Rio de Janeiro.

Em agosto de 2012 produziu e atuou o show “Minha História, Minhas Raízes” que comemorou seus 10 ano de cantora com participação da Bateria “Verde e Rosa da União Imperial. Em 2013 participou do Maior Musical de Praia do Mundo “Encenação da Vila de São Vicente” como cantora e atriz, também participou como cantora da “Ópera Samba José Bonifácio”, fez show em homenagem ao Dia Internacional da Mulher (Março de 2013). Abriu show do Monarco da Portela no “Espaço Refúgio do Samba” ambos em São Paulo, apresentou-se na Virada Cultural de 2013 cantando com o show Mulheres do Sambam, estreou no show “Vinícius Velho Saravá” homenageando os 100 anos de Vinícius de Moraes e estreou o show “SamBossa” unindo o Samba Canção e a Bossa Nova no SESC Bertioga.

No dia 14 de Dezembro 2013 voltou a se apresentar na Estação Primeira de Mangueira no Rio, depois de 5 anos, quando foi homenageada por seu trabalho com o samba, desta vez junto à Escola de Samba Santista União Imperial.

Em 2014 participou do Projeto “MAIS” Música Autoral Independente Santista quando também se apresentará na Virada Cultural dentro do mesmo projeto, vem participando junto ao Grupo “Zig-Zag” de Projeto de Shows para dedicado ao público infantil como “A Arca” com as canções de Vinícius de Moraes, ‘Bloco Zigzaguiá” com marchinhas de Carnaval para crianças, homenagem ao compositor Paulo César Pinheiro em São Paulo, e atualmente tem trazido também a poesia mais unida ao seu canto com o “Sarau Poético Musical” projeto que tem intuito de sensibilizar o público para prática da leitura e composição de poemas. Em dezembro de 2014 fez o show “Caymmi 100 anos” com Renato Braz e Kleber Serrado no Teatro do SESC/ Santos. 2015 Processo de Gravação do primeiro disco da cantora. Em 2015 iniciou a produção do seu primeiro disco “A Meus Ancestrais… Meu Canto”, finalizou o projeto no final deste mesmo ano. Em dezembro de 2015 realizou no Teatro do SESC

Santos, o show “Samba da Garoa” em homenagem aos compositores Paulistas, com o seu grupo “Samba no Salto” e Banda Sinfônica de Metais ”Banda Marcial de Cubatão”.

Em Março de 2016 lançou o seu primeiro disco intitulado: “A Meus Ancestrais…Meu Canto” no Teatro do SESC Santos com participação do discípulo de Dominguinhos Lulinha Alencar e ainda do cantor e compositor Lula Barbosa.