koka
Biografia

Koka Pereira

Aos 8 anos de idade Koka Pereira ainda criança, teve sua primeira experiência como percussionista no bloco carnavalesco fazendo parte da bateria em 1987. Desde então, passou a se dedicar e se aprimorar nos estudos da percussão.

Aos dezessete anos fez aula de percussão com Francisco de Assis (Chicão) um grande percussionista, e assim, iniciou sua vida profissional na música. Depois, tornou-se diretor de bateria das escolas Vamo-que-vamo, Unidos de São Miguel e Unidos de Santa Bárbara.

Fez aula prática de choro com luizinho 7 cordas resultando na formação de um grupo de Choro (Regional do Véio).

Com tanta experiência adquirida passou a atuar também como um educador, deu aulas de percussão em diversos centros musicais como o Cedeca (Centro de defesa dos direitos da criança e do adolescente), C.E.U (Céu Curuça), Projeto Barracão (Projeto da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo) e Bolsa trabalho. 

Também acompanhou grandes artistas e compositores como: Wilsom Moreira, Ney Lopes, Mariana Aydar, Duani Martins, Adalto Magalha, Noca da Portela, Dudu Nobre, Luis Grande, Monarco da Portela, Wilsom das Neves, João Borba, Dona Inah, Moacyr Luz, Chiquinho Vírgula entre outros. 

Em 2015 gravou a percussão no CD Márcio Prata “Canta Monarco da Portela”

Em 2016 gravou o disco Quarteto Pizindim, Railídia Carvalho “Sambas, batuques e cantorias”

Atualmente faz parte dos grupos:

Quarteto Pizindim
Inimigos do Batente
Pegada de Gorila
Nó na Garoa (Forró)
Sambas,Batuques,e Cantorias
Coisa da antiga
Toque de Bambas(Dani Mattos)

O trabalho mais recente de Koka Pereira foi a gravação da percussão no CD “Movimento Samba São Paulo” um trabalho primoroso, onde Koka Pereira teve o cuidado especial para escolher cada intrumento, cada toque e cada levada que realmente interpretasse o que dizem as canções e assim as músicas ganharam alma e “ritmo”.

Um batucada que será lembrada para sempre!